O TRIUNFO DA IGREJA NA IDADE MÉDIA.

hqdefaultA primeira metade do século XIII é talvez o período mais importante, mais completo e de maior brilho da história da Civilização Cristã.

Percorrendo os gloriosos anais da Igreja, parece-nos dificil encontrar uma época onde Sua influência fosse mais vasta, mais fecunda, mais incontestada sobre todo gênero humano. Nunca tinha sido tão absoluto o império da Esposa de Cristo sobre o pensamento e sobre o coração dos povos.

Ela via a seus pés, vencidos e transformados os elementos antigos com os quais tanto tempo se debatera. O Ocidente inteiro dobrava-se respeitosamente e amorosamente, sob Sua Santa Lei.

E claro que Sua vitória estava longe de ser completa, e nem poderia sê-lo, pois é para lutar que está na terra. Mas em nenhum momento de Seu rude combate o amor de Seus filhos foi tão grande, seu devotamento tão sem limites, e sua coragem tão crescente. Os santos que cada dia resplandeciam, ofereciam a esta Mãe forças e consolações sempre novas, das quais Ela viu-se depois privada, do modo assaz pérfido que bem conhecemos.


(SANTA ISABEL DA HUNGRIA – Montalembert, pp. 10 – 11).

N.B: Esta gloriosa Idade Média, tão caluniada e injuriada, parece que hoje está cada vez mais reabilitada. Destes povos bárbaros, invasores, a Igreja fez pedras vivas que floresceram e deram frutos abundantes, e encheram a Igreja de magníficos santos.

Tagged on: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons